terça-feira, 12 de agosto de 2014

Robin williams

Hoje, por volta da 1h da manha, estava eu no cumprimento do ofício de mãe, quando vejo na CNN que o robin williams tinha morrido e suspeitava-se de suicídio. Associei logo este cenário ao cantor robin williams (desculpa lá pah) o ex take that. Ja por volta das 5h no meu segundo ofício como mãe 😊 é que tive percebi que não se tratava do cantor mas sim do meu amigo de infância com cara fofinha e voz doce. Abalou-me um pouco por ele me ser tão familiar.
Ainda me lembro do jumanji, aladino, flubber, filmes que por mais vezes que os visse revia, revia e revia. O que me chocou mais foi a parte do suicídio. Como é que alguém cuja vida foi passada a fazer rir os outros, primeiro entra numa depressão e segundo se suicida? Não bate a cara com a careta literalmente.
Estou inconformada, não que adiante alguma coisa mas não consigo deixar de pensar que um actor é alguém que veste uma capa e finge sentir o que não sente e vive o que não vive. Ja todos fomos actores em algum momento e o robin williams consegui-o na perfeição.